Blog Puro Bem-Estar

/Saúde

Por que você precisa de um purificador?

 

Mesmo com o tratamento oferecido pelas companhias de abastecimento público para deixar a água que chega em nossas casas pronta para ser consumida, ainda podemos encontrar muitas impurezas que acabam contaminando a água no percurso entre o reservatório e os nossos lares.

Essas impurezas podem ser depositadas na água por meio das tubulações enferrujadas, ou sujas de barro e outros compostos.

As caixas d'água das nossas casas ou dos lugares que frequentamos também podem estar contaminadas por não serem higienizadas frequentemente.

As companhias de abastecimento tentam, por meio da adição de cloro, deixar a água mais limpa, para que ela chegue às nossas casas própria para o consumo.

Essa etapa em que se adiciona o cloro à água é conhecida como cloração. Durante esse processo este composto químico tem a função de agir sobre os microorganismos patôgenicos afim de reduzí-los.

O cloro também é um dos mais agentes químicos mais econômicos para realização do processo de purificação.

Porém, o excesso de cloro pode ser prejudicial à nossa saúde, pois se trata de um composto que, quando consumido em alta quatidade, possivelmente faz mal aos seres humanos.

Além disso, o uso contínuo do cloro também pode prejudicar a nossa flora intestinal trazendo sérios problemas ao nosso corpo.

É por auxiliarem na remoção desse componente químico que os purificadores têm papel tão fundamental na nossa rotina e auxiliam no nosso bem-estar.

 

Como funciona um purificador de água?

Para perceber a importância de ter um purificador em casa e como funciona o passo a passo do processo de purificação da água é preciso compreender que esse método envolve 3 etapas fundamentais:

A primeira etapa é a de filtragem. Pode parecer clichê, mas é nessa etapa que vão ser retiradas as pequenas partículas que estão presentes na água, como areia, barro, ou até mesmo ferrugem, que podem estar presentes nos encanamentos mal conservadas.

A segunda etapa é de esterilização. Essa é uma das mais importante, pois é nela que ocorrerá a eliminação de fungos, micróbios, vírus e bactérias que podem ser nocivas aos seres humanos.

E a terceira e última é a etapa de adsorção. Nesse momento será possível retirar da água o cloro que foi adicionado pelas empresas de abastecimento público e outros compostos químicos, que vem por acaso, juntamente com o processo de tratamento.

Esse caso também se aplica aos elementos químicos que reagem com o cloro e alguns metais que podem ser encontrados na água e podem fazer mal à saúde.

Cumprindo essas etapas e somada a boa conservação e higienização do purificador e do filtro é possível garantir a saúde de todos nós, pensando principalmente no preparo de alimentos, lavagem de mamadeiras e também, claro, no consumo de água em geral.

 

As facilidades de se ter um purificador

Como muitos dos purificadores já possuem função de refrigeração, você não precisará mais encher garrafas e levá-las à geladeira para obter uma água fresquinha, o que torna sua vida muito mais prática e funcional.

A maioria dos purificadores também possuem prata coloidal em sua estrutura, que realiza o controle microbiológico, impedindo a proliferação de bactérias. 

Além de garantir que a água que você está tomando é saudável, os purificadores também podem auxiliar ainda mais no seu bem-estar.

Existem purificadores modernos que adicionam sais minerais contribuindo com a sua saúde e repondo nutrientes que perdemos ao longo do dia.

É o que o purificadores PN555 e PA755 da Latina fazem por você. Eles adicionam naturalmente à água nutrientes como magnésio, cálcio e potássio, tornando-a mais saudável para você se preocupar apenas em tomar uma água limpinha e pura todos os dias.

 

 

Voltar
}