Blog Puro Bem-Estar

/Nutrição

Frutas: Quantas vezes comer?

Diversas pesquisas já indicaram, comprovaram e recomprovaram que o consumo de frutas, verduras e legumes é essencial à saúde, previne e trata doenças e mantém o organismo mais jovem por mais tempo. Não há o que discutir e é por isso que indo a um consultório de nutrição essa recomendação vai sempre acontecer. Todos, todos os tiposde frutas, verduras e legumes apresentam alguma propriedade terapêutica, portanto todos são considerados alimentos funcionais. Por isso esses alimentos PRECISAM estar presentes diariamente no nossa alimentação. A recomendação da quantidade pode variar de pessoa para pessoa, de objetivo para objetivo, de quadro de saúde para quadro de saúde. Mas em média devemos consumir 3 frutas diferentes no dia e 2 pratos de sobremesa cheios de verduras e legumes com pelo menos 3 cores diferentes!

Quanto mais variado e mais colorido, mais propriedades funcionais conseguimos com esses alimentos. Sucos, saladas mistas e cremes de legumes podem garantir tudo isso no nosso dia.

Variar as frutas, legumes e verduras que consumimos diariamente é excelente opção para garantir nutrição completa e balanceada. Ainda assim, é preciso considerar que alguns alimentos, dentro desses grupos, reúnem um grande número de propriedades benéficas e, por isso mesmo, devem ser consumidos com frequência. No dia a dia, os legumes e as verduras podem ser ingeridos nas refeições principais, acompanhando a proteína. Já as frutas devem ser consumidas preferencialmente nos intervalos entre as refeições.

Estamos falando de alimentos que carregam um ótimo potencial antioxidante. O estresse oxidativo que acontece diariamente no nosso corpo tem um papel significativo no desenvolvimento da maioria das doenças e no envelhecimento. As substâncias bioativas contidas nos vegetais ajudam a combatê-lo. São os polifenóis ou compostos fenólicos, os glicosinolatos e os carotenoides, entre outros.

E ainda sobram fibras: quando comemos mais vegetais, estamos oferecendo ao organismo uma dose extra de fibras, essenciais para regular o funcionamento intestinal. Nossa alimentação está cada vez mais carente de fibras e o que os vegetais têm em comum é que, além de fornecer nutrientes indispensáveis ao bom funcionamento do organismo, eles também são ricos em fibras.

Valorize esses alimentos e sempre que possível, prefira os de cultivo orgânico pois carregam consigo uma menor carga tóxica poupando assim um trabalho extra ao fígado.

 

Fonte: allweneedisfood

Voltar
}