Blog Puro Bem-Estar

/Saúde

Descubra se a pipoca faz bem à saúde!

Chega a sexta-feira, e muita gente já começa pensar em um gostoso cineminha. Claro, com um passeio deste, não pode faltar a famosa pipoca. Se você fica com algum receio de sair da dieta com ela, devido a presença de gordura e o fato de nos incentivar a extrapolar nas pitadas de sal, fique tranquilo! Pois se depender da ciência, a má fama está chegando ao fim. 

Se preparada corretamente ? isso significa não apelar para a praticidade da versão de micro-ondas -, ela é uma explosão de benefícios, informação reforçada por um estudo recente da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos. Segundo o time de cientistas, a pipoca reúne mais certos antioxidantes que uma porção de frutas e verduras. O que faz com que ela possa ser uma aliada ardilosa na guerra contra os radicais livres, aquelas moléculas instáveis e perigosas que atacam as células e provocam desastres que vão de envelhecimento precoce a câncer.

E mais!

Uma grande concentração de fibras e polifenóis podem ser encontrados na casca da pipoca, garantindo que 100 gramas de pipoca  contem com  900 miligramas da substância, enquanto uma porção de 80 gramas de qualquer fruta conta com apenas 160 miligramas. Uma porção de 100 gramas de pipoca, diariamente, garante 13% do ideal de ingestão diária desse poderoso antioxidante.


Mas cuidado...


Este alimento deve ser preparado sempre com uma pequena quantidade de óleo ou manteiga, bem como deve se evitar adicionar uma grande quantidade de sal em seu tempero para que a pipoca não seja transformada em uma bomba de gordura. Além disso, o ideal é consumir pipocas de panela e não as de microondas, pois elas contam com o dobro de calorias.  

E vale lembrar que consumo de pipoca não substitui a necessidade de ingestão de frutas e vegetais. Para uma dieta saudável e balanceada é necessário consumir estes alimentos, pois eles contêm vitaminas e nutrientes fundamentais para a saúde e que não são encontrados em uma porção de pipoca.

Voltar
}