Blog Puro Bem-Estar

/Saúde

Os benefícios gerados pelos purificadores.

Para ter certeza que a água consumida sempre será pura, uma das opções é investir em um bom purificador de água. Ele é um tipo de produto que possui diversos elementos filtrantes e diversas tecnologias próprias para eliminar as contaminações da água que sai do encanamento.
 
Os purificadores não só eliminam as impurezas físicas, mas também fazem um combate em nível bacteriológico que, dependendo da tecnologia empregada no modelo do produto, podem atuar diretamente no DNA de bactérias.
 
Para garantir a eficácia do purificador é necessário seguir a manutenção indicada pelo fabricante do produto. A limpeza constante também vai garantir que os elementos filtrantes continuarão a realizar o processo de purificação da água dentro da autonomia prevista para o modelo. É recomendado fazer a limpeza pelo menos de seis em seis meses.
 
Existem no mercado quatro tipos básicos de processo de limpeza para purificadores de água. A retrolavagem é encontrada na linha que possui filtros acoplados na rede de abastecimento de água. Este modelo é indicado para restaurantes, escolas e condomínios comerciais e residências. 
 
Neste modelo de purificador, é essencial que seja liberado ao menos uma vez por semana um contra fluxo através de uma torneira especial. O retorno da água liberará partículas que foram filtradas durante o período. Por ser tratar de uma limpeza física, será necessário um aparato especial, como um balde ou uma área de escoamento própria.
 
Os outros estilos de limpeza são feitas na parte externa ou em compartilhamentos coletores ou escoadores de água purificada. Existem alguns modelos que possuem torneiras desmontáveis, onde é possível limpar a gordura e sedimentos da mão do usuário. Também existem purificadores com bandejas coletoras que servem para eliminar a água que é acumulada nele. Caso a água não seja eliminada, poderá ocorrer uma contaminação externa.
 
Os modelos com grades removíveis também funcionam muito bem. Eles possuem um custo-benefício atraente, apesar de serem um pouco mais trabalhosos para limpeza.
 
É importante verificar se o modelo escolhido possui o selo do Inmetro. 
 

O Inmetro avalia três requisitos:

1 - Capacidade do filtro de reter cloro. O filtro que tem C1 retém mais que 75% do cloro. Filtros C2 e C3 retêm pouco cloro;
 
2 - Capacidade do filtro de reter impurezas. P1 significa que retém as menores partículas de 0,5 a 1 micra. Filtros de P2 a P6 retém partículas maiores;
 
3 - Capacidade de eliminar bactérias: Bacteriológico Aprovado ou Não se Aplica;
 

Voltar
}