Blog Puro Bem-Estar

/Nutrição

Pipoca, um snack funcional

 

A pipoca sempre esteve no centro de uma polêmica: é ou não é saudável? Engorda ou não engorda?

De tempos em tempos vem alguém acusá-la de ser uma vilã da nutrição. Mas, calma, com moderação, a pipoca pode ser considerada um snack funcional - pelo menos é o que dizem os pesquisadores da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos. Segundos eles, a pipoca reúne mais determinados antioxidantes do que contém uma porção de frutas e verduras. Isso faz com que ela possa ser uma aliada muito importante na guerra contra os radicais livres, aquelas moléculas instáveis e perigosas que atacam as células e provocam desastres que vão de envelhecimento precoce a câncer. 

A pipoca é o único snack formado 100% pelo grão. Já os antioxidantes encontrados em outros produtos à base de sementes integrais, por exemplo, são removidos ou sofrem degradação durante o processamento. Na casca da pipoca também estão doses generosas de fibras. Já na parte fofa e geralmente branca dessa pequena notável fica guardado outro aliado do organismo: o amido resistente. 

Mas tudo isso NÃO VALE PARA A PIPOCA DE MICROONDAS. E nem para a pipoca de cinema, que é gerlamente carregada na manteiga e nos temperos industrializados

Para que a pipoca não estrague sua dieta, o ideal é prepara-la com um fiozinho de óleo e temperar com a menor quantidade de sal possível.

 

FONTE: M de Mulher

Voltar
}